Crie seu Tempo para não ser refém do Tempo dos outros!

''Na cultura do “tudo é para ontem” e do “estou atrasado”, o tempo é uma ferramenta de controle, mas isso não é o tempo e sim a forma como você se relaciona com ele.'' (Gilclér Regina)

-----------------------------------------------------------

O tempo é uma metáfora. Há muitas formas de medir o tempo e isso está vinculado a cultura.
Na cultura do “tudo é para ontem” e do “estou atrasado”, o tempo é uma ferramenta de controle, mas isso não é o tempo e sim a forma como você se relaciona com ele.
O tempo, na verdade, é atemporal, é relativo. Transformar minutos em horas ou horas em minutos também está ligado ao que gostamos de fazer ou algo que fazemos naturalmente.
Albert Einsten sobre a relatividade disse certa vez: “Um minuto sentado num formigueiro pode parecer uma hora ou uma eternidade e uma hora no colo de uma moça bonita pode parecer um minuto ou até bem menos”.
Você já se pegou fazendo algo e se perdeu no tempo porque ele passou depressa demais? Também já se pegou fazendo algo de que não gosta tanto e o tempo pareceu ser seu pior inimigo?
Algumas atividades podem ser feitas com muito prazer tornando-se o tempo muito curto como praticar esportes, ler livros que te interessam, ouvir uma música de melodia agradável, comer um prato saboroso, viajar por um lugar desconhecido... isso tudo prende nossa atenção, nosso foco, levando-nos a novos pensamentos e sentimentos.
Por estas e por outras, crie o seu próprio tempo para não ser refém do tempo dos outros.
Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!