0

Nestes dias mais frios, com a tristeza no coração de ver muitos sem-teto nas ruas, sem ter onde morar, lembro-me de que são poucos que saltam da condição de miseráveis para a condição de milionários com uma fortuna calculada em 600 milhões de dólares, mas existem… e Chris Gardner é um deles.

Um homem desempregado, abandonado pela esposa, tornado pai solteiro, mendigo carregando o filho pequeno para abrigos de sem-teto, bancos de jardins e até banheiros públicos.

Nos anos 80, ele vivia em San Francisco na Califórnia onde trabalhava com venda de equipamentos médicos… um dia, observando um sujeito numa Ferrari vermelha procurando vaga num estacionamento no centro da cidade e impressionado com a máquina, ofereceu ao homem a sua vaga.

Ele conta assim: “Falei para ele, você pode estacionar no meu lugar, mas me responde duas perguntas: O que você faz? E como faz?”.

O dono da Ferrari disse que era corretor da Bolsa de valores, vendia ações e faturava 80 mil dólares por mês – uma verdadeira fortuna na época.

Ali, naquele instante, surgiu a inspiração para mudar sua vida. Diz ele: “Naquele momento tomei duas decisões: entrar no negócio de ações e comprar uma Ferrari no futuro”. 

Perdeu o emprego… Mas não perdeu a esperança, a expectativa. Como sempre tenho colocado em minhas palestras, o ser humano é exatamente aquilo que pensa, para cima ou para baixo.

Sua vida daí em diante não foi nada fácil, até preso foi por dever multas de trânsito e não ter dinheiro para pagar… e foi nesse tempo e nesse ambiente que sua mulher o abandonou e a seu pequeno filho, Chris Junior, então com dois anos. Imagine a tristeza deste homem.

No entanto, foi a partir desse cenário que começou a construir uma vida diferente, dar sentido a sua vida, como ele mesmo diz: “Enquanto uns enxergam no excremento aquilo que não presta, apenas algo descartado… outros enxergam neles uma boa quantidade de fertilizantes. Foi o que eu fiz!”.

Ou seja, ele aprendeu a ser apaixonado pela vida na dificuldade até porque dizer que está apaixonado quando tudo está bem é muito fácil.

Ele comprou sua primeira Ferrari de segunda mão… O então proprietário era o jogador de basquete Michael Jordan.

A CONCLUSÃO é: Enquanto os desmotivados reclamam… os motivados sonham, planejam e fazem.

No mundo sempre teremos duas opções, dois caminhos a seguir e as nossas escolhas irão determinar nosso sucesso ou fracasso, uma vida de problemas ou de qualidade.

O nosso futuro é construído a partir do nosso pensamento. O passatempo nacional por aqui é reclamar, reclamar e reclamar… Mas esse pessoal que reclama muito nunca faz nada.

O sucesso é de quem arregaça as mangas e parte para a luta, não se esconde dos problemas e tem medo sim… mas seguem em frente apesar dele.

RESUMINDO: O sucesso é simples, é de quem faz. O resto é conversa fiada de quem quer ganhar fácil e não quer trabalhar, mesmo que nestes momentos fomos impedidos de trabalhar. Mas dinheiro não se ganha, se fabrica, com IDEIAS.

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!

Gilclér Regina

Escritor, empresário, palestrante de sucesso com reconhecimento em todo o Brasil e em alguns países de exterior.

gilcler@gilclerregina.com.br

55-44-9 99720663

Deixar um comentário

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com