0

A pessoa que não tem um ideal, nem um guindaste a tira da cama, de manhã!.

A sabedoria não consiste em não cometer erros, mas sim em descobrir a melhor maneira de sobreviver a eles. Quando somos jovens, ficar velho parece uma coisa que só acontece com nossos avós.

Mas, ao sentir que a idade acaba chegando, não temos escolha, senão abraçar a vida e seguir em frente. O que faz você viver? Sua vida compreende você, a pessoa que vive com você, sua família, seu grupo social, o trabalho, amigos, o mundo.

Isso nos ajuda a levantar da cama, todas as manhãs, ter um ideal, enfrentar o mundo com uma atitude positiva e atravessar com segurança e sucesso a cada dia, não importa o que aconteça.

Eu não me canso em repetir o que disse no início, ou seja, a pessoa que não tem um ideal, nem um guindaste a tira da cama, de manhã!

Decidimos, diariamente, de que lado queremos ficar. Do bem ou do mal. Dos bandidos ou dos mocinhos, relembrando os filmes de faroeste. Tudo no mundo é uma questão de escolher o caminho.  Algumas decisões que tomamos acabam nos deixando infelizes, enquanto outras podem aumentar a nossa alegria.

Aquele que considera seu cotidiano uma eterna luta, possui a tendência de não ser feliz. Mas perceba, na hora em que você estabelecer todos os seus comportamentos e reações, já fará parte da história, infelizmente, não estará mais entre nós.

No momento em que você pensar que tem todas as respostas, será melhor pendurar as chuteiras.

Para aproveitar sua vida, ao máximo, você deve deixar todas as suas opções em aberto e ter tanto pensamentos como atitudes, que te levam ao topo. Sim, você precisa estar preparado, também, para balançar, quando vier a tempestade – e o pior é que ela sempre vem,  quando você menos espera. Que o diga a pandemia que estamos vivendo.

Estabelecer um padrão rígido para a sua vida, poderá acabar sendo empurrado ladeira abaixo, para longe dos seus objetivos, ideais e mesmo o curso da sua vida. Aqueles que têm uma mente realmente aberta sabem quando dizer “NÃO” e quando dizer “SIM”.

Em meu livro No Topo do Mundo, cheguei à seguinte conclusão: “Quando a oportunidade bater a sua porta, convide-a para jantar”. Isto é, quando você convida alguém para jantar em sua casa, você prepara a melhor comida, coloca a melhor toalha, o cristal, o talher de prata, a porcelana. É bem isso, você dá o seu melhor, se prepara.

Fazer sucesso e ser feliz é viver de bem com a vida. Ser alegre, na vida, é assim, preparando-se. A viagem deve ser tão boa quanto o destino e a felicidade não é o destino, é a viagem. A vontade de se preparar deve ser maior que a vontade de vencer. Pois é, vencer, neste caso, é apenas consequência.

Não posso garantir que vai dar certo, mas posso garantir que se você não fizer, não vai dar certo. Este é o espírito das pessoas que movem o mundo. Se cada um somente fizesse a sua parte, estaríamos por aqui ainda na base da luz de vela.  E  a incerteza é o campo fértil da criatividade e o ingrediente essencial do novo.

Geralmente, o pior adversário de sua vida está dentro de sua mente. Quando você bloqueia os sentimentos, para não sentir a dor, você também impede a possibilidade de sentir prazer.

E quando falamos em olhar as oportunidades com outros olhos, é proporcionar um encontro com o futuro, chamando elas para um jantar em casa. Essa metáfora é perfeita mesmo porque damos o nosso melhor quando convidamos alguém para ir em nossa casa.

Então, por que não fazemos isso quando, ao perceber que temos um novo negócio pela frente, ou a possibilidade de um comprometimento maior em nosso trabalho, ou ainda a simples eliminação de pensamentos negativos que nos levam a dizer ao nosso cérebro que não somos pagos para fazer isso e aquilo e depois não entendemos porque fomos despedidos ou não promovidos.

Não podemos mais continuar fazendo as mesmas coisas, do mesmo jeito, no piloto automático, o mundo muda a cada minuto, para não dizer a cada segundo. Você só se livra de seus problemas internos se puder encará-los. Quando você corre deles, eles correm atrás de você.

Não faça parte dos “negativos” que só reclamam. A atitude deles é apenas se lamentar. Pessoas com esse perfil costumam se vitimizar e mobilizar os outros para resolverem os seus problemas, ou mesmo perdoá-los de alguma forma. São “matadores” de oportunidades.

Nunca teste a profundidade do rio com os dois pés. Sim, você pode correr riscos, mas, com inteligência. Veja, quem quebra o galho de todo mundo, quebra o seu próprio galho.

Existem pessoas, médicos, amigos e até familiares que simplesmente aumentam nossa angústia; ou seja, nos fazem pensar que os problemas são maiores do que realmente são.

Em contrapartida, existem pessoas que, com sua SIMPLICIDADE, nos trazem paz de espírito e mostram a vida sob uma nova ótica, em que os problemas não são montanhas e apenas pequenos pedregulhos, que a gente passa por cima.

Se você trabalha em algo ou leva a vida com persistência e propósito, TUDO ACONTECE. Se você, em sua vida, acredita que não acontece, NADA ACONTECE.

A nossa viagem, hoje, nos convida a sermos mais tolerantes, termos mais compreensão, sermos mais irmãos e esse é o sentido da vida. Aprender a viver com a diversidade é o nosso grande desafio.

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!

  • Gilclér Regina palestrante de sucesso, escritor com vários livros, CDs e DVDs que já venderam milhões de cópias e exemplares no Brasil, América, Ásia e Europa. Clientes como General Motors, Basf, Bayer, Banco do Brasil, Grupo Silvio Santos, entre outros…  compram suas palestras. Experiências no Japão, Portugal, Estados Unidos, entre outros países… 5000 palestras realizadas no país e exterior. Atualmente no top 10 dos livros mais vendidos no ranking do Google.

Deixar um comentário

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com