0
LiderançaMotivação

Apagando erros… Educando acertos

por 25 de outubro de 2021 outubro 26th, 2021 sem comentários

Aqui nós fazemos uma análise de erros e acertos nos relacionamentos em ter pais e filhos


Compreendemos melhor a questão da educação quando passamos a ser pais. Um filho ou uma filha inauguram uma nova referência na vida da pessoa. Antes disso somos filhos de alguém e após, somos pais de alguém. Pouco falamos de nossos pais e nossos pais já não falam mais de nós, e para aqueles que tem, agora a conversa é apenas o netinho ou a netinha.

Há, nisso tudo, uma nova oportunidade! Temos a chance de reparar nossos erros de juventude. Sabe aquela coisa que você não ouviu seus pais ou alguém com experiência quando foi escolher uma carreira, um namorado, um curso qualquer, uma situação? 

Então, você não conseguirá evitar que seu filho erre os erros dele, mas é perfeitamente possível evitar que ele erre os seus erros.

Educar alguém é uma continuidade da vida e a prova cabal de que evoluímos. Se você entendeu que errou e esse erro mudou o rumo daquilo que realmente queria é porque você cresceu, evoluiu.

Uma vez assim, a única chance de você voltar ao passado e corrigir um erro é educando para o futuro. Daí a importância da educação num país, pois é a única forma de consertar erros. 

Tenho que admitir, todos nos esforçamos por evitar erros e deveríamos ficar tristes ao cometer um engano. Todavia, evitar erros é um ideal pobre e se não ousarmos atacar problemas tão difíceis que o erro seja quase inevitável, então não haverá crescimento do conhecimento.

De fato, é com as nossas teorias mais ousadas, inclusive as que são puramente erros, que mais aprendemos. Ninguém está isento de cometer enganos. A grande coisa é aprender com eles. Até porque, erros podem significar futuras grandes bençãos.

Só iremos EDUCAR ACERTOS se tivermos ERROS para apagar. Parece simples, não é, mas é assim que é a vida.

Na educação formal, que eu prefiro chamar de ensino, porque PAIS EDUCAM, PROFESSORES ENSINAM, o fundamento da importância de refletir sobre a avaliação e identificar nesta, o papel do erro é onde o educador deve estar comprometido com o aprendizado do seu aluno, dando valor ao que ele desenvolveu, mesmo que o resultado não tenha sido totalmente correto.

É através do erro que o professor tem a oportunidade de compreender quais as reais dificuldades do seu aluno, podendo a partir delas elaborar suas aulas, visando a superação destas dificuldades. Não à toa, eu repito o tema desta matéria: APAGANDO ERROS… EDUCANDO ACERTOS.

Voltando para casa,  relacionamentos entre pais e filhos e caso não tenha filhos biológicos e/ou adotivos, escolha alguém que lhe tenha apreço e passe a ser um padrinho orientador.

A liga do amor pode não ser a mesma, mas é a chance de você simplesmente erradicar aqueles erros cometidos.

Se cada adulto maduro fizer esse papel com uma pessoa, implantaremos a EDUCAÇÃO DOS ACERTOS.  A partir disso meus amigos, daremos um salto imenso na evolução e crescimento de nossa sociedade.

Há um apelo implícito de pais para que os filhos consigam condições de vida melhores do que eles tiveram, e a crença em que, pela via da escola, isso seja possível, uma vez que eles, não tendo estudado, percebem que esse é o caminho,  e isso é justo.

Por outro lado, há também aqueles que colocam sua expectativa na vida dos filhos e isso não é justo ou correto. Por exemplo, o pai médico que deseja que o filho seja também médico, ou não, dependendo como ELE encarou sua profissão, o seu dia a dia.

Neste caso, o seu passado interfere na vida do futuro de alguém. Ora, pode ser que um filho de médico seja um bom músico e o filho de um músico seja um bom médico. Essa escolha é deles.

O acompanhamento da educação dos filhos deve acontecer desde o início, quando as crianças ainda são pequenas. O problema, entretanto, é que os pais erram na forma que devem conversar e incentivar os pequenos. Essas falhas causam sérios problemas no futuro, que podem acarretar no desinteresse e na falta de vontade dos jovens.

Nesta influência familiar na EDUCAÇÃO DOS FILHOS, não basta cobrar, é preciso INCENTIVAR, educar, ajudar e participar da vida escolar de forma a ensinar e auxiliar os filhos nas principais dificuldades.

Caso os jovens cresçam em ambientes sem incentivo para a educação, mas com cobranças, suas dificuldades de aprendizado podem aumentar. Isso se dá por causa de um aumento de estresse, nervosismo e pouco interesse.

Portanto, conhecer a escola dos seus filhos, seus amigos e professores, que são as pessoas que passam boa parte do tempo convivendo com eles, ensinando as crianças, pode fazer com que elas se sintam mais abraçadas pelos pais.

Dessa maneira, todas as vezes que algo acontecer, os jovens podem contar para os pais sabendo que eles vão entender. Por que isso ocorre? Porque os pais estarão envolvidos na educação dos filhos, ao ponto de conhecer todos aqueles que fazem parte da sua formação.

Então, como apagar o seu passado? Como apagar os seus erros? Sim, apagando de uma forma muito mais nobre, ou seja, educando alguém. Ainda mais se esse alguém é o seu filho

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!

Deixar um comentário

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com